Carta Aberta a categoria Docente da UnB

Prezados/as docentes, a diretoria da ADUnB-Seção Sindical do ANDES-SN convoca a toda categoria docente a somar esforços no Ato em Defesa da Educação que acontecerá no dia 08 de dezembro às 16h, em frente ao Ministério da Educação, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

É urgente e necessário não somente apoiar os estudantes na realização do Ato, mas também suspender as atividades de sala de aula, de extensão, de pesquisa e ocupar as ruas.  

Estamos vivendo um momento de grande perseguição às Universidades públicas pelo governo federal, que tenta a todo custo nos atacar de todas as formas, com cortes de recursos, diminuição de investimentos, intervenções e tantos outros ataques.

Os bloqueios, desbloqueios e novos bloqueios sucessivos feitos pelo MEC no orçamento das Universidades tem como objetivo gerar instabilidade na gestão das Instituições de Ensino Superior (IES). O interior das universidades é tomado por correria e tensões, fazendo com que se gaste mais tempo em operar o caos do que de fato cumprir o papel que é nosso, de realizar ensino, pesquisa e extensão.

O último confisco de 17 milhões do orçamento da UnB inviabilizará o pagamento de bolsas de milhares de estudantes, que tem na bolsa sua única fonte de sobrevivência, de alimentação e de transporte. Muitos estudantes já não têm como chegar à universidade para assistir às suas aulas.

Esse confisco tira as condições de pagamento dos serviços terceirizados, o que poderá impactar no pagamento dos salários dos/as empregado/as terceirizados/as da UnB que atuam na segurança, na limpeza ou na portaria, além de comprometer o sustento de suas famílias.

Os cortes impactam também no pagamento do Restaurante Universitário, nas contas de luz e água, ou seja, na manutenção da UnB, implicando em mais precarização e insegurança na realização de nossas atividades enquanto docentes.

Essa medida atinge também bolsistas de residência médica prejudicando o desenvolvimento de suas atividades de formação.

Por isso, conclamamos a todos/as, para suspender suas aulas, ocupar as ruas, lutar por democracia e direitos, participar e incentivar seus estudantes a lutar em defesa da universidade pública.

PARAR A UnB nesta tarde do dia 08 de dezembro e ocupar as ruas, é dar aula de solidariedade, compromisso e responsabilidade com a Universidade Pública. Uma luta de todos nós.

ADUnB e DCE estão organizando a saída de ônibus da FCE (14:30h), FUP (14:30h) e estacionamento da ADUnB (15h) direto para o ato no MEC.

Junte-se a nós!

Articulação: ADUnB-S.Sind, DCE e Sintfub

 
Compartilhe: