Grupos de trabalho

Os Grupos de Trabalho são espaços de ampliação e proposição da categoria docente visando contribuir com proposições de ações e políticas para fortalecer a ação sindical. 
São objetivos dos GTs, em linhas gerais: 
  • Construir um conjunto de ações e propostas de atuação sindical, em diálogo com a categoria docente, possibilitando a construção de ações para fortalecimento da gestão, bem como para potencializar os debates que acontecem no seio da UnB;
  • Articular as demandas locais às demandas nacionais, através da participação nos GTs do ANDES-SN que tratam da formação docente e da história do movimento docente e suas articulações com outros movimentos e organizações sociais.
Podem participar dos GTs filiados(as) e não filiados(as) que tenham interesse pelo tema de trabalho. 
As inscrições para participar dos GTs são em fluxo contínuo e todos(as) filiados(as) podem e devem contribuir com este espaço de participação e elaboração de propostas de atuação da ADUnB - S. Sind..
Foram constituídos 8 (oito) grupos de trabalho para ampliar e diversificar essa participação, abaixo estão as principais definições feitas entre os anos de 2020 e 2022. 

 

GT 1: Trabalho e Política de Formação Sindical e Movimento Docentes 

O GT 1 visa atuar de forma mais efetiva nas demandas de formação dos docentes da UnB, tendo por base na seguinte linha de ação: 
Ação Estruturante: Construir a Formação Política dos Docentes para Fortalecimento da Ação Sindical, abordando os seguintes eixos:

  • Universidade e políticas governamentais para educação pública;
  • Universidade, movimentos sociais e organização da sociedade civil; 
  • Memória e história do movimento docente e sua relação com o movimento sindical; 
  • Relações Institucionais externas e internas e cotidianas 
  • Ampliar a formação para ampliar a filiação ao Sindicato, ampliando as dos Sindicato com as Unidades e Departamentos;
  • Trabalhar a formação como estratégia de mobilização da categoria.

GT 2: Seguridade Social e Aposentadoria

As atividades do GT 2 foram assumidas pelo GT 6 em suas atividades. 

GT 3: Política de Classe para questões Étnico-raciais, de Gênero e Diversidade Sexual

Tem como centralidade participar do debate, a partir de uma posição classista, em torno das questões étnico-raciais, de gênero, sexualidade e demais marcadores que atravessam a existência de grupos sociais como população LGBTTI, a população negra, a população com diferentes capacidades físico-mental-intelectual-sensorial, a população periférica, as populações tradicionais, compreendendo as intersecções entre estes marcadores e sua articulação no âmbito sindical da ADUnB-S.Sind. e de nossa comunidade.

Busca promover aprofundamento dessas reflexões que desdobram em políticas, ações e materiais de sensibilização, bem como o apoio à defesa da garantia das políticas de combate à opressão dentro e fora da ADUnB-S.Sind. 

Articula unidade, construção coletiva e agendas comuns com os movimentos sindical e social do DF e da UnB. Promove a elaboração de uma agenda de combate ao preconceito, à discriminação, à violência e à desigualdade social, bem como de promoção permanente da diversidade, da pluralidade, do diálogo e da democracia na UnB e na sociedade.

Proposta de novos eixos (observando o existente, as necessidades e os andamentos necessários):

  • Participação, atuação e construção de políticas em âmbito nacional, junto ao GTPCEGDS/ANDES e às articulações com centrais e as Frentes; em âmbito distrital, junto às entidades parceiras, os movimentos sociais, sindicatos, e no âmbito da ADUnB-S.Sind., junto às entidades parceiras da Comunidade Universitária (DCE, APG e SINTFUB);
  • Enfrentamento ao preconceito, discriminação e às diferentes formas de violência e promoção da diversidade, pluralidade e diálogo no ambiente universitário.
  • Acompanhamento da Diretoria e apoio jurídico contra o racismo, a xenofobia, o sexismo e a violência.

GT 4: Comunicação, Cultura e Arte - (GTCCA)

O GT 4 se destina a auxiliar sua Diretoria e seu Conselho de Representantes na construção de ações e projetos específicos em seu âmbito, bem como nas demais pautas propostas por este grupo.  Propõe-se a ampliar e fortalecer a articulação e o protagonismo das ações dos docentes com a comunidade acadêmica e a sociedade em geral, contribuindo com a mediação sindical para a construção de novos espaços de debate, por meio de uma comunicação política estratégica em diversas plataformas. Indissociáveis da comunicação são as ações e projetos vinculados à cultura e à arte que buscarão garantir a pluralidade de expressões, para melhor contribuir na ampliação da participação da comunidade docente e na defesa das pautas da educação pública, gratuita e de qualidade.
Pretende-se atuar nos seguintes eixos:

Eixo 1 – Cultura Política: Memória e História VIVA

  • Debates e proposições visando ao cultivo da cultura política:
  • Atualização, ampliação e preservação do acervo do histórico de lutas até as condições atuais;
  • Contextualização histórica, política, econômica e educacional da ADUnB, destacando lutas e conquistas coletivas e os saberes sindicais construídos;
  • Memória e história vinculando a nossa construção à participação do ANDES;
  • Definição de modal de organização dessa memória para maior e melhor acesso da categoria, facilitando e incentivando o diálogo com – e entre – ela;
  • Produção de documentário sobre os 44 anos da ADUnB;
  • Divulgação do livro “ADUnB ‒ Sonho e Realidade”, 2ª.ed. 

Eixo 2 – Ocupações e Espaços Culturais

  • Ampliar os debates e proposições sobre as possibilidades dos espaços do conjunto da Casa do Professor, visando a ocupá-los com eventos políticos, culturais e artísticos em maior e mais rica gama de diversidades;
  • Auxiliar na execução das obras de recuperação, readequação desses espaços de modo a melhorar seu desempenho ambiental para antigos e novos usos;
  • Apoiar o projeto da Casa do Professor para completá-lo em alguns aspectos que ainda faltam.

Eixo 3 – Movimento e ação 

  • Apresentar e discutir uma agenda urgente de eventos, performances e comemorações para o mês de maio com o tema 43 ANOS da ADUnB: “Na luta nascemos, na luta continuamos”; algumas propostas já pensadas:
  • Definir um espaço no site da ADUnB para depoimentos sobre os 43 anos;
  • Apresentar a recuperação da logomarca original da ADUnB;
  • Debater novas estratégias e linguagens de comunicação que potencializam a imagem e as ações do sindicato em suas lutas.

Eixo 4 – Estratégias da Política sindical e universitária

  • Formular uma comunicação política estratégica e propositiva que apoie a gestão da ADUnB e construa o diálogo permanente de forma estruturante com a comunidade acadêmica e a sociedade. 

GT 5: Grupo de Trabalho de Política Educacional (GTPE) e Grupo de Trabalho de Verbas (GTVERBAS)

O GT está em processo de formatação de debates e foram definidas reuniões mensais, sendo algumas preparatórias ao CONAD e está se organizando para a retomada das atividades presenciais.

GT 6: Grupo de Trabalho Carreira e Progressão (GTCP)

As atividades do GT foram iniciadas e está atuando a partir dos seguintes eixos/pautas prioritárias para o início dos trabalhos do GTCP:
  • Política salarial;
  • Carreira docente e progressão e promoção funcional;acompanhar os processos de promoção e progressão funcional em tramitação no DGP;
  • Acompanhamento da discussão no GT do ANDES;
  • Estruturação de ações pedagógicas com o objetivo de informar aos/as docentes da UnB sobre a estruturação da carreira docente.
    O GT é responsável pela cartilha sobre o trabalho docente, a ser lançada em agosto de 2022. 

GT 7: Ciências e Tecnologias

As atividades do GT foram iniciadas, está em processo de mobilização de novas adesões de professores e debate sobre as principais ações a serem realizadas. 

GT 8: Trabalho e Saúde

As atividades do GT já estão em andamento e irá atuar a partir dos seguintes eixos:

  • Condições de trabalho no ensino remoto e planos de saúde; e
  • Pesquisa sobre as condições de saúde dos docentes da UnB e acompanhamento das ações em relação à pauta dos planos de saúde. 

 

Compartilhe: